Manaus será sede da Copa Libertadores Feminina 2018

Copa Libertadores Feminina 2018
Copa Libertadores Feminina 2018

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) confirmou na noite desta segunda-feira (11) a decisão sobre a 10ª edição do maior torneio do continente. Manaus será sede da Copa Libertadores Feminina 2018, tornando-se a capital do futebol feminino brasileiro.

Esta é uma grande conquista para as meninas do Iranduba, grande sensação do futebol local e que levou mais de 25 mil pessoas à Arena da Amazônia na semifinal do Brasileirão 2017.

O Iranduba, também conhecido como Hulk, quebra o eixo Rio-SP com uma grande estratégia de marketing e resultados dentro de campo. Isso deu visibilidade para o time que recebe apoio dos torcedores locais, já que nenhum time do norte do país hoje está na primeira divisão em suas modalidades.

Manaus será sede da Libertadores Feminina 2018

A Conmebol tinha três cidades candidatas a receber o maior torneio feminino da América do Sul. Além de Manaus, também concorriam Santa Cruz de La Sierra (Bolívia) e São Paulo.

“A reunião aconteceu na Rússia, em Moscou. A gente precisava esperar a decisão do conselho da Conmebol ser oficializado através do Frederico Nandes, que é o diretor de competições da Conmebol, a quem eu agradeço muito também, a confiança do conselho executivo de ter confiado em nós a missão da Libertadores”, explicou Lauro Tentardini, diretor de futebol do Iranduba.

Após diversas reuniões e solicitações, o conselho da Conmebol decidiu que o Hulk da Amazônia será o organizador da 10ª edição do torneio.

Com a definição da sede, o Brasil passa a ter três vagas na edição deste ano da Libertadores Feminina 2018: Iranduba (sede), Audax (campeãs da Libertadores 2017) e Santos (campeãs do Brasileirão 2017).

A Copa Libertadores da América 2018 deve acontecer entre os dias 04 e 18 de novembro e terá a Arena da Amazônia e o Estádio da Colina como palcos.

As seis primeiras edições da Copa Libertadores de Futebol Feminino foram disputadas no Brasil. Há quatro anos passou a ser uma competição circular, sendo realizada na Colômbia (2015), Uruguai (2016) e no Paraguai (2017). Em 2018, em sua décima edição, ela volta ao país do futebol.

Todas as equipes campeãs da Libertadores Feminina

O Brasil é o país com maior número de campeãs da competição, sendo o vencedor sete vezes em nove edições. Em 2012, o time do Colo-Colo, do Chile, ficou com a taça, enquanto que em 2016, as meninas do Sportivo Limpeño, do Paraguai, conquistaram a América.

  • 2009 Santos F.C (Brasil)
  • 2010 Santos F.C (Brasil)
  • 2011 São José E.C. (Brasil)
  • 2012 Colo-Colo (Chile)
  • 2013 São José E.C. (Brasil)
  • 2014 São José E.C. (Brasil)
  • 2015 Ferroviária (Brasil)
  • 2016 Sportivo Limpeño (Paraguai)
  • 2017 Corinthians (Brasil))

Vamos para nossa terceira Libertadores em nossa existência. Desde outubro/2016, quando surgimos, damos cada vez mais destaque as competições esportivas disputadas por atletas brasileiras.

Se você estiver em Manaus, vá ao estádio, prestigie os jogos da Libertadores Feminina 2018. As jogadoras precisam do seu apoio.

Para quem vai sua torcida? Queremos saber! Responda nos comentários abaixo e curta nossa página no Facebook.

About Mayk Souza 132 Articles
Jornalista e fotógrafo, com especialização em marketing digital. Amante dos esportes e apaixonado por futebol. Assisto qualquer jogo, mesmo que não seja do meu time do coração. Nordestino, apaixonado por um bom forró. Sou responsável pela cobertura de futebol e vôlei aqui no Menina Joga!

1 Comentário

  1. MELHOR COISA TER SIDO EM MANAUS. O CORINTHIANS JA ESTAVA PENSANDO QUE A SEDE SERIA EM SÃO PAULO. SE DEU MAU.. EU TENHO CERTEZA QUE MANAUS VAI DAR SHOW DE BOLA COM SUA TORCIDA DO HULK.

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*