Liga das Nações 2018 – Brasil encerra 1ª semana com duas vitórias

Após susto, Brasil encerra 1ª semana com vitórias - Liga das Nações 2018
Após susto, Brasil encerra 1ª semana com vitórias - Liga das Nações 2018

A primeira fase da Liga das Nações de Vôlei Feminino 2018 encerrou nesta quinta-feira (17), após três jogos disputados por cada país. O Brasil estreou em casa, jogando contra Alemanha, Japão e Sérvia, em Barueri. As únicas equipes com 100% de aproveitamento na competição foram Holanda e Turquia.

Tensão e derrota em casa

O Brasil entrou em quadra, na terça-feira (15), para enfrentar as alemãs. O ginásio José Correa, em Barueri (SP), estava lotado e a torcida fez sua parte apoiando as brasileiras.

Porém, o apoio das arquibancadas não foi suficiente e o time brasileiro errou muito na sua primeira partida da Liga das Nações de Vôlei Feminino 2018.

O Brasil fechou o primeiro set por 25/15, o que levava a crer em uma vitória simples. Porém, parecia que Alemanha estava economizando energia e veio com tudo nos sets seguintes. O time brasileiro sumiu em quadra e viu as alemãs encerrar o confronto ao fechar as parciais em 22/25, 18/25 e 20/25.

“A partida de fugiu um pouco do nosso controle. Sabemos que esse foi o primeiro jogo da temporada. Ficamos tristes com o resultado, mas ainda temos muita competição pela frente”, disse Carol.

Reação contra as japonesas

A segunda partida em casa do Brasil na Liga das Nações de Vôlei Feminino 2018 foi contra as japonesas. Pressionadas pela péssima estreia, as brasileiras erraram muito no primeiro set e foram derrotadas por 22/25.

O técnico José Roberto Guimarães deu uma sacudida no animo das meninas e elas acordaram na partida. Com pouco mais de 5 mil torcedores no ginásio, o Brasil foi para cima com muita garra.

A disposição contagiou a arquibancada e fez o Japão encolher. O Brasil venceu a primeira partida na Liga das Nações de Vôlei Feminino 2018 com parciais de 25/18, 25/23 e 25/11, após perder o primeiro set por 22/25.

“Entramos agressivos e mostrando o que é o Brasil, com alegria, e não podemos deixar isso morrer jamais. Nós conversamos, estudamos e entramos com outra postura, demonstrando o que é o voleibol do Brasil”, disse Adenízia.

Sustos contra a Sérvia e superação

As sérvias haviam vencido suas duas primeiras partidas da competição (Alemanha e Japão) e entraram em quadra como favoritas após as duas apresentações do Brasil.

Mas o Brasil estava jogando em casa e tinha o apoio da torcida, que faz muita diferença.

A partida começou bem equilibrada, com a vantagem mudando de lado a cada ponto. No final, com uma parcial de 23/25 a Sérvia encerrou o primeiro set.

Muito concentrada em quadra, a Seleção Brasileira não se abalou com a perda do primeiro set e foi para cima da Sérvia nas parciais seguintes e mostrou sua superioridade. Apresentando um voleibol mais consistente, o Brasil fechou a partida ao vencer por 25/22, 25/14 e 25/21.

“Podemos ver uma evolução como um todo no sistema defensivo e na relação entre o bloqueio e a defesa. Ainda podemos melhorar o nosso saque. Gostei de ver a atenção das jogadoras em quadra. Sabíamos que seria um jogo difícil e foi legal ver a energia das meninas hoje”, avaliou José Roberto Guimarães.

Próximos jogos do Brasil na Liga das Nações de Vôlei Feminino 2018

O time brasileiro viaja hoje para Ankara, na Turquia, para próxima etapa da competição. Lá, enfrentará as donas da casa, a Argentina e a República Dominicana.

Depois, na semana seguinte, será a vez de enfrentar a Coreia do Sul, Polônia e Holanda. A tabela com resultados da Liga das Nações de Vôlei Feminino 2018 você acompanha aqui.

Sobre a Liga das Nações de Vôlei Feminino 2018

A Liga das Nações foi criada pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB) para substituir o antigo Grand Prix. Esta é a primeira edição da competição. São 16 equipes na disputa pelo título.

Nesta primeira fase, todas as seleções vão se enfrentar e as cinco melhores avançam à fase final, junto com a China, já classificada. As seis seleções vão decidir o título entre os dias 27 de junho e 1º de julho.

Qual jogo você acha que será mais difícil para o Brasil?

Lançado em 2016, o site Menina Joga! é focado na cobertura esportiva feminina brasileira. Ao longo destes poucos meses de vida fizemos cobertura de mais de 50 torneios de futebol, basquete e vôlei.

Dê seu apoio, deixe seu comentário e curta nossa página no Facebook.

About Mayk Souza 140 Articles
Jornalista e fotógrafo, com especialização em marketing digital. Amante dos esportes e apaixonado por futebol. Assisto qualquer jogo, mesmo que não seja do meu time do coração. Nordestino, apaixonado por um bom forró. Sou responsável pela cobertura de futebol e vôlei aqui no Menina Joga!

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*