Brasileiras conquistam mais duas vagas para Tóquio 2020

Brasileiras Wrestling Olimpíadas de Tóquio 2020

As brasileiras Aline Silva e Lais Nunes vão representar o Brasil no Wrestling (luta greco-romana) nas Olimpíadas de Tóquio 2020 (Japão). Ambas chegaram às finais, pré-requisito para carimbar o passaporte rumo aos Jogos Olímpicos, no Torneio Pré-Olímpico Continental, na capital Ottawa (Canadá).

Com as duas novas vagas garantidas no sábado (14) por Aline Silva (na categoria até 76Kg) e Lais Nunes (até 62 Kg) já chega a 177 o número de brasileiros classificados para os Jogos Olímpicos 2020.

O Pré-Olímpico de Wrestling chegou ao fim no domingo (15), com a realização das lutas do estilo livre, mas nenhum dos brasileiros que competiram no último dia se classificou.

Classificação feminina para Tóquio 2020

A primeira a se classificar no sábado (14) foi a lutadora Aline Silva. Após perder a primeira luta por 2 a 1 para a canadense Erica Wiebe, a brasileira foi somando vitórias até se garantir na final e assegurar a vaga olímpica. Atropelou, por 4 a 0, a venezuelana Andrimar Lazaro Diaz e, na sequência, superou por 4 a 2 a cubana Milaimys Potrille.

Já Lais Nunes carimbou o passaporte rumo à Tóquio 2020 com três vitórias consecutivas. Superou por 6 a 1 a canadense Michelle Christina Fazzari e depois massacrou a dominicana Yessica Perez, por 9 a 3. Na semifinal, garantiu a vaga olímpica ao derrotar por 3 a 1 venezuelana Griman Herrera.